Guia prático em linguagem simples.

Guia prático em linguagem simples.
Baixe Para o seu computador AGORA.

sábado, 29 de agosto de 2009

Professora da Bahia dança com O Troco "Todo enfiado" e é demitida.

Professora de Educação Fundamental sobe ao palco em show da banda "O Troco" e faz a coreografia da música "Tudo enfiado" , com saia e calcinha sendo suspensas pelo cantor.

Após a "apresentação", que foi filmada por celulares e colocadas na internet, a professora foi demitida do colégio onde trabalhava ministrando aulas para alunos de 5 anos.

As imagens da professora dançando "Tudo enfiado" com as nádegas expostas estão no Youtube.

- Reportagem no jornal da TV Bandeirantes sobre a demissão - http://www.youtube.com/watch?v=Torox5xvOIo&feature=related

As perguntas são:
- O professor tem de dar satisfações do que faz fora do horário e local de trabalho?
- O profissional tem de manter posturas adequadas, mesmo fora do trabalho, dependendo da profissão que exerça?
- Você concorda com a atitude da direção da escola ao demitit a professora?


Fonte: Globo.com - G1 -Professora da Bahia é demitida após vídeo sensual cair na web, diz advogado
_________________________________
Crie tópicos, faça seus comentários e troque ideias sobre este e outros assuntos, no Fórum do Blog Educação.

13 Comentários:

Vera disse...

Como professora que sou, há 31 anos, penso que um professor tem que ter responsabilidade com o que faz fora da escola também, se for publicamente pois é uma referência para crianças e jovens, que são seus alunos. Na escola pública existem regras para comportamentos e talvez gerasse apenas uma suspensão da professora mas nas particulares, as regras são diferentes e penso que foi justa, a demissão.

Anônimo disse...

Eu não gostaria que ela fosse professora dos meus filhos...

Anônimo disse...

pow nada haver isso ela tem que se impor dentro da intituição de ensino agora so porque ela e professora ela tem que ficar omissa a tudo o que ela gosta de fazer voces são um bando de impocretas so pensam em voces mesmos e tenho ceteza que se ela for uma boa axercedora de sua função arrumarar um emprego facil facil

alem disso voces sua professoras velhas enrrugadas tão com inveja porque é de tirar o chapeu ela é muito gostosa do maior força pra fazer de novo prof.

Anônimo disse...

NADA HAVER MAIS NÃO QUERIA QUE FOSSE PROFESSORA DO MEU FILHO, SINCERAMENTE MAIS ELA PODE FAZER O QUE QIUZER DA VIDA DELA FORA DO TRABALHO NINGUÉM DEVE NADA A NINGUÉM.

Anônimo disse...

Também sou professor e levei este assunto para a sala de aula.
Existiram vários pontos que foram analisados e gostaria de compartilhar, já que estava a procura de comentários sobre o assunto:
1º - Notei que todos aqueles que são pais e mães, não que desaprovaram o comportamento pessoal da J., mas que não acharam adequado o comportamento dela, mesmo fora do trabalho, como bem citado nos comentários anteriores, ela serve de modelo e exemplo para aqueles aos quais leciona.
2º - A mídia, como sempre, procurou minimizar os impactos negativos do preconceito, mas também não afirma que a J. deveria voltar a lecionar. O que na minha opinião, realmente não tem estrutura psicológica para isso.
3º - Como estou com muito sono, já que cheguei da escola a poucos minutos, quero apenas citar que a maioria das pessoas que defenderam o comportamento pessoal dela, ou seja, que acharam bobagem a demissão, são pessoas que não tem filhos e que também não conseguem escrever um parágrafo sem um único erro ortográfico. Pessoas que não leem, que não tem cultura, que na verdade não possuem cultura nem dicernimento de dividir as coisas, ou seja, pessoas totalmente manipuláveis pelos conceitos unilaterais e interesseiros da mídia brasileira.

Anônimo disse...

OBVIAMENTE QUE ELA NÃO FOI DEMITIDA, POIS A JUSTIÇA COMUM OU DO TRABALHO NÃO JULGA ISSO, POIS FOI FORA DO AMBIENTE DE TRABALHO. FOI COMUM ACORDO ENTRE O DIRETOR DA ESCOLA E A PROFESSORA, QUE TAMBÉM SE SENTIU CONSTRANGIDA. AGORA, VC É A MESMA PESSOA FORA E DENTRO DO TRABALHO??

Anônimo disse...

PARA O PROFESSOR QUE DISSE NÃO CONSEGUIMOS "ESCREVER UM PARÁGRAFO SEM UM ÚNICO ERRO ORTOGRÁFICO", O MESMO QUEIMOU A LÍNGUA, POIS ELE ESCREVEU "DICERNIMENTO" EM VEZ DE "DISCERNIMENTO", QUE É A GRAFIA CORRETA.

Anônimo disse...

Temos que encarar a realidade, hoje crititicam a professora devido um vídeo que caiu na rede, amanhã pode ser a gente, somos escravos da tecnologia e esse e o preço que ela pagou, na Bahia boa parte das pessoas dança sensualmente, a cultura de uma região deve ser respeitada

Anônimo disse...

QUEM NUNCA ERROU, ATIRA A PRIMEIRA PEDRA? NÓS SOMOS HIPOCRITAS E APENAS PENSAMOS EM DEFLAMAR O OUTRO E ESQUECEMOS DE SI MESMO. QUANTOS DE NÓS NÃO RIMOS, OU INFLUENCIAMOS CRIANÇAS, ADULTOS E JOVENS A DANÇAR MUSICAS COM COREOGRAFIAS ERÓTICAS?FAZEMOS PARTE DESSE CONTEXTO. VAMOS REVER NOSSOS CONCEITOS E CRITICAR MENOS OS OUTROS E PENSAR UM POUCO MAIS NO "EU". SE PARAR PARA PENSAR PERCEBERÁ QUE A AUTOCRITICA E A AUTOAVALIAÇÃO É MUITTOOOO DIFICIL....
A PROFESSORA JULGADA POR NÓS É APENAS MAIS UMA VITIMA DA TECNOLOGIA, DA MIDIA E DA NOSSA BOCA.

ABRAÇO FIQUEM COM DEUS!!!

Vanêssa Gonçalves disse...

Acredito que a professora estava errada, pois o professor é uma referência para as novas gerações, trabalha com formção, no meu ponto de vista ao escolher esta profissão devemos estar cientes do que representa isso. Muitas vezes precisamos negar nossas vontades e fazer o que é certo em nome do ideal que temos de sociedade e educação para cidadania.
O que acontece hoje é que muitas pessoas escolhem o magistério sem se dar conta das implicações da profissão, talvez pensando da crga horária reduzida ou na possibilidade de ter dois salários por oito horas de trabalho... esse é o grande problema da educação hoje.
Não acredito que esta professora tenha se dado conta de sua responsabilidade.

Anônimo disse...

eu tenho uma musica pra Jaqueline começar como dançarina ,mais teria que só usar a sensualidade e sei que faria bastante sucesso só que ainda não resistrei e nem tenho como fazer o aranjo

Anônimo disse...

Sou baiano e não concordo com essa demissão, principalmente por este motivo. A Bahia é um estado ecletico, mistico, missigenado e festivo. Se essa moda de demitir professor pelo bem da moralidade ou desvio de conduta, embora eu discorde, todos os professores Gays, viados, pederastas e Lésbicas terão que ser demitidos, porque pode influenciar e perverter a educação das crianças. Falso moralismo na Bahia ISSO É UMA VERGONHA.

Paulo Nascimento

Anônimo disse...

O que eu sei é o seguinte: não é pelo comportamento da professora-dançarina, ou dos professores de um modo geral fora da sala, que estão saindo todos os anos das escolas, alunos semianalfabetos. Repare, caro leitor, nos comentários acima e veja que até mesmo professores cometem erros. Esses mesmos erros os denuciam que são uns despreparados,desqualificados, e o pior que os são em sala de aula...! Claro que o comportamento fora da sala é uma referência. Mas a referência moral não é tudo, muito menos a causa dos problemas crônicos e seculares que passa a nossa educação.

Postar um comentário

- Não temos qualquer vínculo com nenhuma instituição pública ou privada. Este é um espaço pessoal e informal para troca de informações entre pessoas interessadas no setor de Educação.

- Os comentários são liberados aos leitores que por aqui passam, não refletindo, necessariamente, a opinião do responsável pela manutenção do Blog.

- Lembrem-se também que o Blog é aberto ao público. Ao deixar endereço de e-mail, telefone ou qualquer dado pessoal aqui, esses dados poderão ser vistos por qualquer pessoa.Portanto, tenha cuidado com as informações pessoais que deixa em seu comentário.

Blog Widget by LinkWithin

Programas úteis, baixe aqui!

Para ler a maioria dos editais e o Diário Oficial, é necessário ter o programa Adobe Reader instalado (programa leitor dearquivos em PDF), que é o formato em que estão vários documentos. Caso queira baixar o Adobe, que é um programa gratuito, pegue AQUI.

Foram eles que disseram...

O segredo da criatividade é saber como esconder as fontes. Albert Einstein
Não quero que as pessoas sejam muito gentis; pois tal poupa-me o trabalho de gostar muito delas. Jane Austen
"A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre" Oscar Wilde

Se sua dúvida não for esclarecida aqui não deixe de enviar a sua própria pergunta, ou mesmo tentar responder a pergunta de algum colega.

Enviar pergunta

Blogosfera

Add to Technorati FavoritesComentar/adicionar no Comentarium Adicionar esta notícia no BookmarksAdicionar esta notícia no Linkk Central Blogs TopOfBlogs

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO