Guia prático em linguagem simples.

Guia prático em linguagem simples.
Baixe Para o seu computador AGORA.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Salário do professor da Rede Estadual do Rio de Janeiro - atualizado em 25/07/2012.

Há muitas perguntas dos professores que estão entrando agora, ou ainda aguardando convocação, sobre o Salário do professor na Rede Estadual  de Educação do Rio de Janeiro.

De: Daiane em 26/07/2010 07:51
Para: Raquel
Olá, Raquel.Gostaria de saber exatamente o valor do salário do Estado e quanto aumenta com cada trienio e com a pós graduação.Muito obrigada!
Dados atualizados no mês de julho de 2012:
O Estado não paga passagem  - a partir de fevereiro de 2011 passou a pagar auxílílio transporte, que é um valor variável, de acordo com a carga horária do professor , de R$ 30,00 a R$ 50,00  mais ou menos - . Não há vale refeição,  nem nenhum outro benefício.

A remuneração é somente o salário, que para Docente I  16h. (que trabalham com turmas do 6º ano - Segundo Segmento do Ensino Fundamental - à terceira série do Ensino Médio)  em início de carreira é de R$765,66 - com desconto de 84,22 da previdência, sobram R$681,44 líquidos.

Dados de março de 2012:
- Início de carreira é de R$ 877,91 - com desconto de R$ 96,57 da previdência, sobram R$ 781,33 líquidos.


Dados  atualizados em junho de 2012:
 Início de carreira é de R$ 1.001,82 - com desconto de R$ 110,20 da previdência, sobram R$ 891,62 líquidos.

Os valores foram retirados de um contracheque de junho/2012 de Docente I  - 16h - SEEDUC RJ.

Com o  Plano de Carreira, a cada três anos o professor tem incorporado ao seu salário o Triênio - o primeiro é de 10% sobre o salário, os seguintes são de  5%.

A cada 5 anos há mudança de nível, que incorpora ao salário mais 12%.

O enquadramento por Pós-Graduação incorpora mais 12%, mas só pode ser solicitado após o Estágio Probatório ( e somente será enquadrado por formação uma vez, não importando quantos títulos possua a mais  (Mestrado ou Doutorados), que é de 3 anos. E tem demorado muuuuito para sair.

Não há como especificar para quanto irá o salário de cada professor porque isso dependerá de quanto estará o salário na época das incorporações. Cada professor precisa  fazer a sua conta.

Confiram também as Tabelas de incorporação do Nova Escola e do valor das Gratificações por Qualificação: Mestrado e Doutorado.

49 Comentários:

Alessandra disse...

Olá, Sou funcionária do Estado há 2 anos e 7 meses e sempre tive a informação de que minha pós não valia mais nada, e que só o Mestrado acrescentaria valor ao meu salário. Quanto ao salário, rs, não recebo esse valor. Recebo menos. Estranho, não?
Esses dados são da SEEDUC?

Bárbara disse...

Oi Raquel,
Obrigada pela resposta da questão acima.
Acompanho seu site há muito tempo e acho ele excelente.
Em relação aos salários do Estado/RJ, há a tabela da Nova Escola. Esses valores poderão ser incorporados para os professores que estão entrando agora? Nesta tabela há gratificações pelo Mestrado e Doutorado.
Tudo de bom pra você!!!
Bárbara

Anônimo disse...

Tentei um financiamento com a matrícula da SEEDUC e fui informado que teria que ter um salário de pelo menos 1000 reais. Pois esse finaciamento não era para trabalhadores de baixa renda (renda até R$ 798,30). É triste assistir a essa excrescência e saber que a SEEDUC paga um aluguel milionário para uma empresa de climatização.

Anônimo disse...

Sou contratada da SEE como doc II e meu salário líquido é 540,00.À partir de julho houve aumento,vou ganhar 668,00 líquido?Também gostaria de saber se o pagamento sairá no dia 30 junto ao 13% pois o primeiro dia útil será segunda.O estado irá antecipar o pagamento?Obrigada.

Raquel disse...

- Alessandra, o enqudramento por Pós-Graduação ainda está valendo. Existe uma nova gratificação por qualificação(saiu ano passado), esta sim, só vale para mestrado e doutorado.

Quanto ao salário, o salário que informei aqui é para Docente I (aulas do 6º ano à terceira série do Ensino Médio), se esse for o seu caso, realmente há algo errado. Verifique se não teve faltas não justificados ou algum desconto em folha, pois esses valores foram retirados de um contracheque de julho, de Docente I da SEEDUC.

Sem Nome 1 - E na minha escola não há nenhum ar condicionado até hoje...

- Sem Nome, se vc é Docente II, não irá receber o valor que está informado no post. Esse valor é do salário de Docente I (que ministram aulas do 6º ano à terceira série do Ensino Médio)
O que sei sobre o salário é que será pago no 1º ou 2º dia útil do mês. Não sei se haverá antecipação.

Abs
Raquel

Raquel disse...

Bárbara, sim, esses valores da Tabela de incorporação do Nova Escola serão incorporados ao salário de todos os professores, inclusive dos que estão entando agora. Não lembro se coloque o valor das gratificações de mestrado e Doutorado no mesmo post onde está a Tabela do Nova Escola, mas acho que sim.

Abs

Abs
Raquel.

Anônimo disse...

Porque o Estado nao paga passagem, alimentação e nem nenhum outro beneficio

Sera que os professores nao merecem

Se nao me engano a passagem e garantida na constituicao

Anônimo disse...

Olá Raquel e amigos do blog.

Sou docente I do Estado e tomei posse no dia 04/05/2010.

O que me foi passado é que o pagamento só sairia após três meses de trabalho. Esta informação procede?

Como é minha primeira matrícula, ainda não tenho noção.

Obrigada desde já.

Beijos,
Ariane.

Anônimo disse...

Raquel,meu nome é Ana Claudia e sou concursada pela SEEDUC há 3 anos e 6 meses, como docente I e ainda não recebi meu triêncio dissem que tenho que esperar, mas o que posso fazer para receber esste que é um direito de todos os professores. Um abraço.

Raquel disse...

- Ariane, é comum essa demora no primeiro pagamento do Estado. Quando vc receber virá tudo de uma vez, e após isso, passa a receber em dia.

- Ana Cláudia, estou na mesma situação que vc - 3 anos e dez meses e nada de vir o meu triênio. Essa semana estou abrindo processo na minha Coordenadoria, solicitando o pagamento do meu triênio. Aconselho a vc fazer o mesmo.

Abs
Raquel

Abs.

Anônimo disse...

OLÁ RAQUEL E DEMAIS LEITORES, MEU NOME É MOISÉS, SOU PROFESSOR DO ESTADO DO RJ POR ENQUANTO, SE DEUS QUISER, POIS É UMA VERGONHA A ESMOLA, OPS, SALÁRIO PAGO AOS PROFESSORES... DEPOIS RECLAMAM QUE SOMOS O SEGUNDO PIOR DO BRASIL... ANO DE ELEIÇÃO E NEM COGITARAM GREVE... PERGUNTA: EXISTE SINDICATO??? POR QUE NÃO FIZERAM NADA??? DEPOIS O GOVERNADOR VAI NA TV DIZER QUE TEM PROFESSOR GANHANDO 8 MIL E O POVO ACHA QUE SOMOS MARAJÁS...

Anônimo disse...

O colega aí tem razão:Os professores parecem conformados com a miséria e desistiram de lutar pela dignidade de um salário melhor.
Neste caso não há remédio senão lamentar ou abandonar o cargo!

Outra coisa: Dinheiro têm com ou sem Pré-sal, mas, definitivamente não há interesse na educação, haja visto toda essa política de enrrolações e mentiras...

Lamentável esse governo neoliberal de Cabral.

Anônimo disse...

UMA COISA É CERTA.
PRATICAMENTE EM TODOS OS CONCURSOS PÚBLICOS NO BRASIL O SALÁRIO MÉDIO PARA PESSOAS DE BAIXA QUALIFICAÇÃO(FUNDAMENTAL) É MAIOR OU IGUAL A 510 REAIS.
UM PROFESSOR QUE ESTUDOU A VIDA TODA PORTANTO(QUALIFICADO),GANHAR UM SALÁRIO EQUIVALENTE A ESSE É MOTIVO DE PIADA PARA TODA A CLASSE.
SEM DÚVIDA ALGUMA, NÃO HÁ BOA VONTADE, ESPÍRITO POSITIVO E DEDICAÇÃO E QUE SUPORTAM UMA REALIDADE DESTAS.
A SITUAÇÃO É DRAMÁTICA PARA O PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO NESTE ESTADO. E A PERGUNTA QUE FICA É: CADÊ O SINDICATO!!!

Leonardo disse...

cade o sindicato? ta mamando o $ q os otarios pagam pra eles nao trabalharem. Professor nao sabe o poder q tem de atingir milhoes e milhoes de pessoas atraves dos seus alunos, assim como o 'twitter' e fica achando q sindicato resolvera algo. é so de mobilizar, mandar seu manifesto para cada familiar de cada aluno, mídia etc. nada de sindicato.

professor e uma raça de otarios mesmo, parece que gostam da miseria mesmo.nao usa a inteligencia e a bagagem q tem, nao se unem..

dou aula no Estado ha 5 anos, graças a deus, pra mim agora isso é um BICO, pois tenho meu trabalho decente e bem remunerado durante o dia...

querem uma sugestão? façam outros concursos, de outras areas, como eu fiz, ta cheio por ai, usem seu tempo livre para estudar e larguem o magisterio o mais rapido posivel!!

Anônimo disse...

Infelizmente esta é a realidade - abandonar ou morrer agonizando.

Nem precisa dizer que chegou realmente ao fundo do poço a educação pública neste estado.

O Interessante é que o estado do Rio é o 2° estado MAIS RICO da federação!! entretanto é a 2º PIOR EM EDUCAÇÂO PÚBLICA do País!!!

Não sei aonde iremos chegar com toda essa irresponsabilidade!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Dorme com um barulho desses!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Cáfara_Vivian disse...

Em relação ao sindicato. Em promeiro lugar, com esse salário, além do desconto do inss, dá vontade de pagar mais 10% por mês ao Sepe? Pois é. outro problema é que, não tenho dados formais em relação a isso, mas os que ficam no estado após os primeiros três anos são os que não passaram em concursos melhores. em minha escola a maior parte do corpo docente é de professores jovens, que entraram a menos de dois anos. a evasão de professores é muito mais comum que a permanencia. nesse sentido, será que não há um consenso geral de que o estado é mesmo um lugar para início de carreira? vale a pena colocar o pescoço na reta antes dos três primeiros anos, brigar por todos os que não brigam e colocar o cargo em risco, antes da efetivação?

Anônimo disse...

- Lutar ou continuar na miséria e abandono -

Está aí o (tema da revolta) de todos professores miseráveis e maltratados há mais de uma década pelo descaso das autoridades "in"copetentes.

Pode ser este tema também:
- O segredo do sucesso deles é o nosso fracasso -

Ou pode ser este:
- ? -

Vocês decidem.

Anônimo disse...

Sou Animador Cultural do Estado do Rio de Janeiro, você sabe se o governo vai se dignar a resolver nossa situação funcional.
Não podemos tirar licença médica, não recebemos Nova escola, e por ai vai.

Anônimo disse...

oi,é verdade que quando faltamos por motivo de doença , a escola só aceita atestado se for de hospital público? faltei e o meu atestado é de clínica particular?

grata, raquel

Anônimo disse...

Olá, meu nome é Rodrigo, tenho 27 anos e entrei no Estado há um mês, portanto meu cargo é de professor docente I. O valor do meu vencimento, no entanto, é menor do que o informado no início dessa página, R$ 516,00, de acordo com a declaração para abertura de conta bancária que a metro me deu; já pelo edital do concurso, que é de 2008, o valor é R$ 604 e alguns centavos. Como, segundo informação da metro, só receberei depois de três meses de serviço, ainda não caiu nada.
Sinceramente? Eu tenho vergonha de falar que sou professor. Estudo para concursos da área jurídica e só tomei posse nesse concurso "café com leite" em função da pressão da minha família (são eles que pagam meus estudos, já que parei de trabalhar só para me dedicar a concursos). Uma coisa é certa: depois que passar num concurso de verdade, não acumularei os dois cargos (o que, como de conhecimento de todos, é previsto pela Constituição), vou, sem hesitar, largar o magistério; será muito mais proveitoso usar o tempo estudando para passar num outro concurso - em que eu ganharei mais - do que continuar lecionando para ganhar esmola.
Veja apenas um exemplo absurdo de discrepância de salários: um Técnico Administrativo (somente Ensino Médio) do MPU recebe R$ 3.993,00 e um professor, com Licenciatura, ou seja, Ensino Superior, recebe R$ 604,00, quase, pasmem, sete vezes a mais. Alguma coisa tem de estar errado, pois aquele que atua na base da educação tem, com o seu salário ínfimo, menos importância que um Técnico Administrativo com escolaridade de 2° grau.
Ou investimos fortemente em educação, para obtermos resultado a longo prazo, ou assistiremos passivamente a substituição desses traficantes que estão sendo presos no Complexo do Alemão por outros; meninos que, sem condição de terem uma vida digna, entrarão para o tráfico, visando a um melhor poder aquisitivo.

Leandro disse...

Ola caro(a),

Gostaria de saber se os 5 anos e 4 meses que servi a PMERJ servem como triênio para a atual matricula de professor doc I Matematica no qual já estou a 2 anos e 10 meses?

Atenciosamente,
Leandro - lsiqueirademelo@ig.com.br

Anônimo disse...

Caros colegas! A missão de lecionar é um sacerdócio e não uma questão política ou finaceira. Os que amam o saber jamais deixarão que os seus seguidores trilhem caminhos imperfeitos. A coisa mais importante para um professor é amar aquilo faz.

abraços!

Anônimo disse...

Caro amigo (a):
Sou professora há 10 anos, e amo meu trabalho, adoro ensinar, preparar coisas legais para meus alunos, e incentivá-los a ser alguém na vida. O único problema é que tenho que comer, me vestir, pagar contas... e o meu salário não dura nem uma semana!! Tenho família, e se quiser um pouco mais de conforto, vou ter que mudar de profissão.
É lamentável!!

Anônimo disse...

O grande problema do magistério é que os governantes sabem que os professores nutrem pela sua área um amor incondicional e trabalhariam até de graça se preciso fosse. Conclusão: para quê pagar bem ao professor se esse dinheiro pode ser usado para outros fins?

Anônimo disse...

Quero aqui externar minha indignação e humilhação sofrida.
Sou professora do Estado,cargo de prof. II, que como já deve saber está extinto por conta da terminalidade do primeiro segmento no âmbito estadual. Até aí, tudo bem, mas o que me deixou decepcionada é o fato de não ter nenhuma solução caso não tenham vagas nas escolas do meu município.

Estou sendo deslocada da minha unidade escolar por imposição, ou seja , a escola não tem mais o ano de escolaridade em que leciono, por isso tenho que sair e escolher outra unidade escolar. Só que não tem vaga em outras escolas, já fui mandada para duas que já tem profs. sobrando.

A solução encontrada pela diretora da Metropolitana VIII é me mandar para outro município, que se torna inviável, já que trabalho numa jornada dupla e não tenho como chegar no horário se me mandarem para outro município. E outra, não posso ser punida por incompetência administrativa.

Tenho quase 25 anos de exercício e não posso me aposentar por causa da idade, cumprindo minha atividade profissional sem licenças médicas ou faltas, dentro das exigências funcionais do meu trabalho e agora estou sendo castigada por uma situação criada pelo Estado onde extingue o cargo, mas não determina uma solução.

Isto me leva a crer que o melhor funcionário é aquele que falta, vive de licença, não cumpre sua função de maneira adequada.

Enfim, me sinto abandonada! Do que serviu anos de dedicação, alfabetizando crianças carentes,tirando do meu bolso recursos para realizar um bom trabalho?

Estou revoltada, me sinto humilhada e desamparada.
O que devo fazer? Quais são os meus direitos?

A atual condição imposta pelo Governo me faz pensar que devo ser como os funcionários que não respeitam e nem cumprem suas funções com dignidade.

Tenho vergonha de pensar dessa forma, mas foi o que sobrou dos meus sentimentos, revolta e tristeza.

Gostaria de saber, quais são os meus direitos? O que posso fazer para não aceitar as condições impostas pela diretora da Metro? Que penalidades terei se não aceitar lecionar em outro município?

Atenciosamente
Denise

Anônimo disse...

Boa noite,meu nome é Regina e gostaria de saber sobre a qualificação quandose tem pós graduação em docenciasuperior , pois só consta no queli sobre mestrado edoutorado,inclusive tenho um processodesde 2009 e entrei no estadoem 2006, já havia passadomeu estágio probatório , obrigada desde já pela atenção dispensada.

Adm disse...

Olá, professora Regina :)
Pelo que entendi vc deseja saber sobre o valor financeiro de "enquadramento de qualificação". É isso? Se for, é de 12% sobre o valor do salário, não importa se é pós-graduação, mestrado ou doutorado, o valor será 12%, e só há o enquadramento por formação uma única vez, não importando quantos cursos o professor faça.

Abs
Raquel

Anônimo disse...

Olá, sou estudante de direito. Ontem li no jornal "O Fluminense" que o Estado abriu concurso para professor de física e matemática e levei um "choque" quando vi os vencimentos. É um absurdo a maneira como o Estado trata o professor. Dá vergonha viver em um país assim. Professor deveria ganhar muito bem, pois é ele que formará o cidadão, o futuro médico, engenheiro, etc. Poxa vida, pagar um salário, que é apenas um pouquinho maior que o mínimo, é querer levar a carreira à extinção. Quem vai querer cursar uma faculdade de física ( curso muito difícil) para ganhar menos de 800 reais? Não seria muito mais racional cursar geofísica ou engenharia mecânica para ganhar 10 mil na iniciativa privada? E esses políticos velhacos ainda vem com o papo de que o Estado não tem dinheiro. Não tem dinheiro, mas paga 25 mil reais para juizes, defensores públicos, procuradores do Estado, promotores ( todos cargos estaduais). E o pior de tudo: ainda gastará bilhões com Copa do Mundo. E viva a mediocridade! E é isso que eles querem mesmo: povo sem educação para continuar elegendo essa corja de safados. Professor é uma carreira em exinção. Podem ter certeza.

Anônimo disse...

Olá Raquel, vc comentou que após três anos de serviço o professor tem direito a um acrescimo de 12% se tiver Pós-graduação. Essa pós-graduação pode ser Lato-sensu? Tem que ser na área que ele leciona?

Abraços.

Anônimo disse...

HOje, dia 2 de março, fui à agência sacar meu pagamento...só havia o salário da minha primeira matrícula no estado...e quanto ao pagamento da segunda matrícula??????

Anônimo disse...

Gostaria de saber como faço para receber meu trienio ,ou ele já vem incorporado ao salario ,fiz tres anos de stado mes passado.

Adriano disse...

Nossa, eu pensei que aqui em Pernambuco era ruim, mas vejo que por aí é bem pior se levarmos em consideração o custo de vida que é muito maior no Rio. Um professor iniciando a carreira com 20 horas semanais (no estado chamamos de 150 horas)recebe 791,00 (bruto - desconto de 13,5% previdência 1,5% do vale transporte e se quiser o plano de saúde do estado - 2,5% ) + vale transporte + 154,00 de vale refeição.

Anônimo disse...

olá Raquel achei seu site interessante, fui selecionada e convocada para doc I e comparecer a cosep, porém fiquei assustada com alguns comentarios, pergunto qual o sálario para doc I contratado temporario , carga horária e possíveis benefícios? Disciplina Matemática, dependo da sua resposta para tomar decisões. Obrigada

Aline disse...

Olá Raquel, saiu no Jornal Extra do dia 06 de junho 2011 uma reportagem sobre o enquadramento por formação. Mas para quem tem cargo de nível médio ou nível superior e faz uma pós só valem cursos afins. Gostaria de saber que cursos são esses. O professor II que tem o ensino médio os cursos afins devem ser os de licenciatura e os de pós seriam quais?

Lucas disse...

Olá, no mês de junho completei 3 anos trabalhando na rede estadual do RJ.
O primeiro triênio tem que valor? Ele começa a ser pago exatamente um mês após os 3 anos?
Desde já agradeço. Lucas.

Adm disse...

Olá, Lucas.

O valor do primeiro triênio é de 10% do seu salário. Em tese ele deve ser pago automaticamente assim que o funcionário completa os 3 anos. Caso isso não aconteça, abra um processo na sua Coordenadoria.

Raquel.

Adm disse...

Aline, o professor II precisa, no mínimo, de cursos de graduação (licenciatura ou bacharelado)para solicitar o enquadramento por formação. Creio que qualquer desses cursos, sendo na área de Educação, são considerados para o enquadramento.

Abs
Raquel.

Paulo disse...

Ola Raquel,

Parabéns pelo seu site!

Eu acabei de entrar no Estado como Professor doc1 no dia 11/07/2011.

Tenho algumas dúvidas, veja se você pode me ajudar.

1) Quanto tempo demora para receber o primeiro salário (ainda não recebi)? existe alguma maneira de acelerar isso?
2)Eu tenho duas pós graduações lato sensu, só poderei pedir a gratificação de qualificação (12% não é?) em 11/07/2014 (após 3 anos)? e só vou receber por uma delas?
3)Se eu fizer mestrado e doutorado (além das duas pós graduações) quanto a mais eu ganharia?

Muito obrigado desde já pela sua atenção!

Anônimo disse...

Boa noite Raquel,passei no concurso do magistério,sou militar. Preciso saber se o tempo de serviço que tenho valerá para o triênio?

Anônimo disse...

Oi Raquel, gostaria de saber quais os cursos além da graduação são acatados pela prefeitura do Rio de Janeiro para o enquadramento. Só valem o mestrado e o doutorado, ou vale o tal mestrado profissional e algum curso de pós-graduação. Obrigada, Tenha um feliz ano novo. Patricia.

katialimma disse...

Olá, gostaria de tirar uma dúvida.
Estou me aposentando pelo estado por motivo de saúde. Vou receber integral (salário + triênio) ou haverá alguma mudança?

Obrigada

katia

Anônimo disse...

Olá! Sou professor docII e fiz a minha graduação em direito. Tenho direito a enquadramento por formação acadêmica ou somente se fizer licenciatura?
Agradeço a atenção.

Anônimo disse...

Sou animador cultural e gostaria de saber se os animadores culturais tem direito ao decimo quarto salario?

Carlos Munnir disse...

Oi sou pensionista de Professor ,numa matricula a função e prof docente I c ref 7 e na outra matricula Prof ASS ADM EDU II C REF 6, Na que minha mae era Prof Docente I ela quando morreu exercia o cargo de diretora geral e recebe uma comissão de 116,77 reais ,gostaria de saber quais são os salarios atuais nessas matriculas e se a comissão de diretora esta correta

Anônimo disse...

sou formado em sociologia mas nao tem como ganhar esta miseria, infelizmente, atualmente ganho 5180 liquidos com plano de saude maravilhoso, sí meu auxilio transporte é 710 reais e meu auxilio creche 561, tenho 4 anos de carreira no mpu e a pespectiva de aposentadoria é de 9600 bruto o que daria mais ou menos 6900 liquidos. tentei acumulação mas disseram que nao pode, pergunto a voces colegas de profissão, adoro lecionar, mas so faço em cursinhos, ongs, por prazer, e as vezes em colegios particulares, tenho como deixar meu salário para ser professor, infelizmente não.

Renato Alvim disse...

Professor do Rio de JAneiro, assim como os da maioria de nossos estados, valem menos do que LIXO!Pois do lixo, muitos se ocupam, se preocupam.Já o professor?...Ninguém presta o mínimo de atenção.O salário é uma VERGONHA!!!!!
Dá vergonha declarar-se professor do Estado do Rio de Janeiro!Temos o pior, ou o segundo pior salário de professores do Brasil!MAs a classe parece estar muito feliz!!!!Desunida, incapaz de manter uma greve.Seguem aceitando as esmolas salariais que lhes oferecem.

Monikinha disse...

ola
vc saberia me responder se posso incorporar meu tempo de serviço da rede publica municipl do estado de minas na rede estadual do rj?
e se esta incorporação me trara alguma vantagem como os triênios?
obrigada

Anônimo disse...

Boa noite! Parabéns pelo site.
Sou pensionista de professor do Estado em 2 matrículas. Gostaria de saber se posso presta concurso e se passar terei que abrie mão de 1?
Ter pensão é considerado ser funcionária pública?

Renata Barbosa Alvim disse...

Oi Raquel.
Vou pedir o AQ pelo mestrado. Mas quando terminar o Doutorado posso atualuzar, e receber pelo Doutorado. Sei que nao é cumulativo, mas a duvida é se quando ja tenho um posso trocar pelo outro...
Obrigada

Postar um comentário

- Não temos qualquer vínculo com nenhuma instituição pública ou privada. Este é um espaço pessoal e informal para troca de informações entre pessoas interessadas no setor de Educação.

- Os comentários são liberados aos leitores que por aqui passam, não refletindo, necessariamente, a opinião do responsável pela manutenção do Blog.

- Lembrem-se também que o Blog é aberto ao público. Ao deixar endereço de e-mail, telefone ou qualquer dado pessoal aqui, esses dados poderão ser vistos por qualquer pessoa.Portanto, tenha cuidado com as informações pessoais que deixa em seu comentário.

Blog Widget by LinkWithin

Programas úteis, baixe aqui!

Para ler a maioria dos editais e o Diário Oficial, é necessário ter o programa Adobe Reader instalado (programa leitor dearquivos em PDF), que é o formato em que estão vários documentos. Caso queira baixar o Adobe, que é um programa gratuito, pegue AQUI.

Foram eles que disseram...

O segredo da criatividade é saber como esconder as fontes. Albert Einstein
Não quero que as pessoas sejam muito gentis; pois tal poupa-me o trabalho de gostar muito delas. Jane Austen
"A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre" Oscar Wilde

Se sua dúvida não for esclarecida aqui não deixe de enviar a sua própria pergunta, ou mesmo tentar responder a pergunta de algum colega.

Enviar pergunta

Blogosfera

Add to Technorati FavoritesComentar/adicionar no Comentarium Adicionar esta notícia no BookmarksAdicionar esta notícia no Linkk Central Blogs TopOfBlogs

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO